Diálogo por um Futuro Postal Sustentável: CEO’s dos Operadores Postais Europeus reuniram com o Comissário Barnier

2014-10-08
Fonte: PostEurop
Foto por: PostEurop

Passou quase um ano desde que os CEO’s dos Operadores Postais Europeus salientaram o seu compromisso em promover o e-commerce na Europa, num acordo com o Comissário Michel Barnier no Fórum de CEO’s da PostEurop.

Desde então que os Membros da PostEurop dos 28 países membros europeus, bem como a Noruega e a Islândia, estão envolvidos numa iniciativa da indústria respondendo às necessidades na prestação transfronteiriça no contexto do e-commerce. No briefing organizado pelo Comissário Barnier, no passado dia 11 de setembro, os CEO’s tiveram a oportunidade de partilhar com o Comissário e com os serviços da Comissão, num diálogo aberto, os progressos significantes realizados até à data.
Os CEO’s Postais tiveram também a oportunidade de agradecer (...)

eBay e PayPal anunciam separação e criam duas novas empresas

2014-10-08
Fonte: E-Commerce News
Foto por: eBay / PayPal

O eBay, um dos maiores sites de classificados web no mundo inteiro, anunciou a separação do PayPal, a empresa de pagamentos online. A decisão foi comunicada, no passado dia 30 de setembro, e deverá ser concluída no segundo semestre de 2015, com a criação de uma empresa de capital aberto para o PayPal.

De acordo com John Donahoe, Presidente-Executivo do eBay, uma revisão estratégia dos negócios de ambas as empresas mostrou que a separação tornará os negócios mais vantajosos: “Como companhias independentes, tanto o eBay como o PayPal vão acrescentar mais flexibilidade para buscarem novas oportunidades de mercado e parcerias”, comenta Donahoe.
Criado em 1998 como um serviço para transferência de dinheiro online, o PayPal foi comprado pelo eBay em 2002, em uma operação que envolveu US$ 1,5 mil milhão. Atualmente, o PayPal possui mais 152 (...)

Telefónica já é o segundo maior operador europeu

2014-10-08
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Cortesia de Goldy em FreeDigitalPhotos.net

A Telefónica anunciou, no passado dia 1 de outubro, a concretização da compra da E-Plus, uma operação que converte a empresa na segunda maioria operadora europeia.

A compra da E-Plus, filial da KPN, garante à operadora o acesso a 47 milhões de acessos fixos e móveis e receitas de 8 mil milhões de euros, o que se traduz na liderança do mercado alemão e num ganho de protagonismo no mercado europeu, onde passa a ser a segunda maior operadora.
Esta posição é detida pela Telefónica Alemanha, que a Telefónica controla em 62,1% e que passa a integrar toda a atividade da E-Plus, reduzindo o número de concorrentes no mercado alemão, que passa agora para três.
Os concorrentes da Telefónica neste (...)

Vêm aí as ligações 4,5G

2014-10-08
Fonte: Sapo Tek/ Rui da Rocha Ferreira
Foto por: Cortesia de adamr em FreeDigitalPhotos.net

A tecnologia 5G só tem chegada prevista para 2020, mas para os responsáveis da Alcatel-Lucent ainda há um longo caminho a percorrer até lá. Um caminho que pede maior robustez, inteligência e flexibilidade, em vez de novos patamares de velocidade.

"Ligações 4,5G? Mas o que é isso? Vai ser possível navegar na Internet móvel a 500Mbps? Teremos streaming do YouTube sem interrupções? O que é que as empresas ganham com isso?"
Tudo o que se possa pensar sobre as ligações 4,5G como um aumento na velocidade de débito da Internet de banda larga é desvirtuar o conceito que a Alcatel-Lucent tem para a tecnologia. A empresa já está a aplicar o sistema no seu campus de investigação e espera que em 2016 possa ser uma oferta comercial em toda a linha.
No fundo as ligações 4,5G são a (...)

Já não vai ser obrigatório ativar o “modo avião” durante os voos

2014-10-08
Fonte: SAPO Tek
Foto por: Cortesia de FrameAngel em FreeDigitalPhotos.net

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA na sigla em inglês) possibilita que as companhias aéreas europeias permitam o uso de smartphones, tablets e computadores da mesma forma como são usados em qualquer outro meio de transporte.

O tempo de sentar-se no avião e ligar o “modo de voo” pode ter os dias contados. Isto porque a partir de agora as companhias aéreas europeias vão poder abolir esta obrigação de desativar os principais sistemas de comunicação dos dispositivos eletrónicos portáteis.
Apesar de a Agência Europeia para a Segurança da Aviação ter dado luz verde neste sentido, também disse que caberá agora a cada companhia realizar os seus testes e perceber se os seus sistemas de voo são de alguma forma afetados.
Quer isto dizer que apesar de ser (...)

Netflix quer conquistar Europa

2014-10-08
Fonte: Expresso/ João Ramos
Foto por: Netflix

"A televisão tradicional vai desaparecer dentro de 20 anos porque tudo vai estar disponível na Internet. A televisão linear vai durar um pouco mais graças ao desporto".

Esta bombástica declaração foi proferida por Reed Hastings, Presidente Executivo da Netflix, ao jornal «La Tribune», no final de agosto, duas semanas antes de a empresa norte-empresa lançar o seu serviço de vídeo a pedido (filmes e séries) pela Internet em França e noutros países do centro da Europa (Alemanha, Áustria, Bélgica, Suíça e Luxemburgo). E todos os factos apontam para que a indústria audiovisual europeia tenha razões para levar a sério a provocação de Hastings.
Em 1 de outubro, 15 dias após o lançamento (15 de setembro) (...)

Mais um milhão de torres de telecomunicações serão produzidas até 2020

2014-10-08
Fonte: ionline
Foto por: Cortesia de bulldogza em FreeDigitalPhotos.net

As conclusões são de um estudo produzido pela StatPlan Energy, que analisou a indústria em redor das torres de telecomunicações

A empresa estima que atualmente existem cerca de 4 milhões de torres de telecomunicações instaladas em todo o mundo, com uma taxa de crescimento anual composta de 4.1% até 2020 - altura em que este número já se deverá situar nos 5 milhões, conclui o estudo. Esta é uma indústria que as estimativas creem movimentar 23,3 mil milhões de dólares anualmente.
O estudo também chama a atenção, contudo, para as variações, de região para região, no ritmo de crescimento e na própria estrutura da indústria. Segundo Euan Blauvelt, principal autor (...)

Berlim pede à Google que torne público o algoritmo utilizado para as pesquisas online

2014-10-07
Fonte: Observador
Foto por: Google

É uma questão de transparência, explica o Ministro da Justiça alemão. Caso não seja possível encontrar uma solução consensual, Berlim pode, em "último recurso", pedir a desagregação da empresa.

O Ministro da Justiça alemão, Heiko Maas, deu no passado dia 15 de setembro, uma entrevista ao Financial Times (FT), na qual deixou um aviso muito claro dirigido à Google: a empresa deve tornar público o algoritmo que lhe permitiu criar o eficiente motor de busca que monopolizou as pesquisas informáticas. De acordo com o governante alemão, trata-se de uma questão de transparência.
“No final, trata-se de perceber o quão transparentes são os algoritmos que a Google utiliza durante as pesquisas informáticas. Quando um motor de busca tem o (...)

Gmail, Yahoo, Outlook estão a ser banidos na Índia

2014-10-07
Fonte: pplware

O mundo está a tomar consciência para uma nova realidade. Os recentes escândalos e ataques a contas de e-mail estão a preocupar os governos e estes estão já a tomar medidas.

A China tem tomado iniciativas para excluir a Google e outros serviços americanos do seu território e agora é a Índia que está a banir serviços de gestão de e-mail, como o Gmail, Yahoo, Outlook do uso corrente dos seus 5 milhões de funcionários.
É mais um país que quer tirar do domínio dos serviços americanos o poder do controlo da informação que só diz respeito ao seu país. Assim, o Governo da Índia está a tomar medidas para aumentar a privacidade dos seus dados e ao fazê-lo está a pensar em trazer aproximadamente 5 milhões de (...)

Agência Lusa e indonésia Antara assinam acordo de troca de conteúdos

2014-10-06
Fonte: Sapo
Foto por: Agência Lusa

A Agência Lusa e a sua homóloga indonésia Antara assinaram, no passado dia 18 de setembro, um acordo para a troca de conteúdos, o intercâmbio de jornalistas e o reforço da cooperação entre as duas agências de notícias.

"Este acordo com a Antara significa que num primeiro momento vamos começar já a trocar conteúdos. Vamos ter mais notícias daquela região via Antara e a Antara vai ter mais notícias de Portugal e do mundo de língua portuguesa via Lusa", disse o Presidente da Agência de Notícias de Portugal, Afonso Camões.
O Presidente da Agência Lusa falava após a assinatura do memorando de entendimento com o seu homólogo indonésio na Antara, Saiful Hadi, à margem do Fórum Empresarial Portugal - Indonésia, que decorreu hoje em Lisboa a propósito da (...)