CTT - Correios de Portugal eleitos para o Conselho de Administração da PostEurop

2016-11-15
Fonte: CTT - Correios de Portugal
Foto por: CTT - Correios de Portugal

Os CTT, na pessoa do seu Diretor Internacional, João Caboz Santana, igualmente Presidente da Direção da Associação Internacional das Comunicações de Expressão Portuguesa (AICEP), foram eleitos para o Conselho de Administração da PostEurop, na reunião da Assembleia-Geral que se realizou no passado dia 9 deste mês, em Haia, na Holanda.

No âmbito de um muito disputado processo eleitoral, no qual participaram 49 países e territórios da Europa, a referida eleição para o órgão de administração daquela importante organização internacional é mais uma prova do grande prestígio dos CTT, bem como o reconhecimento pelo mundo postal da excelência, qualidade e profissionalismo do trabalho que tem sido levado a cabo pela referida Empresa também a nível internacional, ao lado das maiores empresas de correios e encomendas de todo o mundo.
Durante um mandato de três anos, os CTT, (...)

Empresa de Correios Belga bpost faz nova oferta à PostNL

2016-11-15
Fonte: Dutch News

A empresa de correios belga bpost fez uma "melhorada e amigável" oferta à sua congénere holandesa PostNL, após 6 meses de conversações para a aquisição

A bpost, que é a maioritariamente propriedade do governo belga, oferece €5.65 por ação da PostNL, numa combinação de numerário e de ações da bpost. A oferta é um prémio de 31.6% no preço de encerramento em 31 de outubro, quando as notícias sobre uma nova licitação foi denunciada. O acordo reduziria também a posição estatal na companhia de 51% para 40%, afirma o comunicado da bpost. A PostNL descreveu a nova licitação como uma "oferta condicional e não solicitada". " A PostNL não tem negociado com a bpost sobre a possível (...)

Redes 5G em 2020 podem ser um objetivo "demasiado ambicioso"

2016-11-15
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Cortesia de jannoon028 em FreeDigitalPhotos.net

Os operadores de telecomunicações consideram que os objetivos europeus para implementar 5G até 2020 podem ser irrealistas. A existirem, os investimentos nestas infraestruturas devem ser “racionais” e acontecer numa base de “burden sharing”.

O novo Código Europeu das Comunicações Eletrónicas, a ser aprovado pelo Parlamento Europeu, tem como propósito reformular o papel dos operadores e preparar a Europa para a próxima geração de telecomunicações.
Aos olhos da Comissão Europeia (CE), as redes 5G vão estar operacionais já em 2020, dando arranque a uma nova era das comunicações eletrónicas.
Parece ser consensual entre os principais operadores de telecomunicações que os objetivos da CE são pouco realistas e que podem ser “um passo maior do que a perna”, (...)

Web Summit: Acelerador de Ideias fica três anos em Portugal

2016-11-15
Fonte: RTP
Foto por: Web Summit

Web Summit 2016. 20 mil empresas estão presentes. 240 são portuguesas. Esta cimeira é espaço de excelência para promover e acelerar novas ideias em direção ao mercado.
Algumas delas surgiram de um desafio lançado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia aos estudantes e investigadores do ensino superior.

"O Estado deve estimular e sobretudo das as condições de base para que tudo possa acontecer. Apostar no ensino e na investigação nas universidades e politécnicos", afirmou no Jornal 2 a Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.
O Resultado do desafio lançado: Fachadas verdes que isolam o som, a temperatura e a radiação ultravioleta, reduzindo os gastos energéticos. Um dispositivo para os ciclistas que responde aos seus movimentos. Uma comunidade que ajuda alunos Erasmus a encontrar um quarto. Um capacete com um (...)

Operadoras alertam que é "urgente" regulação nos conteúdos

2016-11-15
Fonte: Jornal de Negócios
Foto por: Cortesia de SOMMAI em FreeDigitalPhotos.net

Os líderes das operadoras portuguesas adiantam que a compra de conteúdos não acaba no futebol. Por isso, consideram que é urgente haver regulação sobre este tema.

A proposta do novo quadro regulamentar das comunicações europeias não inclui a regulação dos conteúdos. O que preocupa as operadoras, tendo em conta algumas recentes movimentações de compras nesta área, como da Time Warner pela AT&T.
Em Portugal, até ao momento, o jogo da aquisição de conteúdos pelas operadoras tem sido feito só no campo de futebol. Mas os líderes das empresas de telecomunicações alertam que pode não ficar por aqui. Por isso, consideram que é urgente haver regulação sobre o tema a nível europeu.

Falar ao telemóvel em Angola custa mais 40% desde 1 de novembro

2016-11-15
Fonte: Diário de Notícias
Foto por: Cortesia de pannawat em FreeDigitalPhotos.net

As operadoras de telecomunicações angolanas aumentaram em 40% o custo das chamadas móveis desde 1 de novembro, passando cada Unidade de Tarifária de Telecomunicações (UTT) a custar 10 kwanzas (cinco cêntimos), cumprindo uma decisão governamental anterior.

A informação consta de um aviso que as operadoras enviaram aos clientes, dando conta da data de entrada em vigor dos novos preços, conforme orientação do Instituto Nacional de Comunicações angolano.
"A Unitel reconhece que esta alteração irá refletir-se num aumento substancial na faturação mensal dos nossos clientes, contudo somos legalmente sujeitos a cumprir com esta orientação", refere uma informação daquela operadora enviada a clientes empresariais, a que a Lusa teve acesso no passado dia 21 de outubro.
O aumento foi (...)

Gigante das telecomunicações em busca de conteúdos

2016-11-14
Fonte: TSF
Foto por: AT&T

O gigante das telecomunicações norte-americano AT&T está em negociações avançadas para comprar a Time Warner, proprietária das cadeias de televisão CNN e HBO.

O anúncio desta mega fusão, que poderá ultrapassar os 64 mil milhões de euros, deverá realizar-se proximamente, disse uma fonte, que pediu o anonimato, mas que confirmou as informações ao Wall Street Journal.
As duas partes têm avançado em relação a numerosos pontos, disse a mesma fonte, mas as negociações têm tropeçado no preço da transação e na indemnização que a ATT&T receberá no caso de a operação ser impedida pelos reguladores.
Uma fusão entre a AT&T e a Time Warner deverá ser vista pelas autoridades da (...)

Netflix lança primeiro conteúdo original português

2016-11-14
Fonte: Diário de Notícias
Foto por: Netflix

Espetáculo do humorista Salvador Martinha é o primeiro formato produzido em exclusivo para serviço de "streaming". Há ainda filmes de realizadores nacionais e formatos da SIC.

Salvador Martinha é o primeiro português a ter um espetáculo de stand-up comedy na Netflix. Disponível desde 7 de outubro, Na Ponta da Língua alcançou outro feito. É também o primeiro conteúdo criado de raiz para o catálogo disponível em Portugal. Uma conquista que não deixa o humorista indiferente: "É um motivo de grande orgulho. No ano passado fiz 40 espetáculos pelo país, mas há cidades a que não cheguei. As pessoas que não conseguiram ver o espetáculo ao vivo, conseguem vê-lo agora através da Netflix", diz Salvador (...)

YouTube lança novas ferramentas para os criadores de conteúdos

2016-11-14
Fonte: PCGuia
Foto por: YouTube

O YouTube disponibilizou um conjunto de ferramentas que foi concebido para os criadores de conteúdos.

Além de uma funcionalidade que permite dar destaque a um comentário considerado como significante, os criadores vão poder expressar as suas reações aos comentários dos utilizadores do serviço da Google através de um ícone de um ‘coração’.
Segundo a notícia do site Ubergizmo, está também disponível a versão de teste de uma funcionalidade cujo algoritmo pode suspender automaticamente a publicação de comentários identificados como potencialmente ofensivos.

Novembro 2016

 

Facebook lança plataforma de e-Commerce

2016-11-14
Fonte: Postal & Parcel
Foto por: Postal

A gigante das redes sociais, Facebook, lançou uma nova plataforma de e-Commerce chamada de "Marketplace", que afirma permitir aos utilizadores "comprar e vender na sua comunidade local".

Essencialmente, o Marketplace, é o há muito esperado, veículo do Facebook, para competir com plataformas como eBay ou Craigslist.
Num comunicado publicado no seu site no passado dia 3 de outubro, a empresa menciona que o aplicativo de smartphone Marketplace, será lançado nos EUA, Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia "durante os próximos dias".

Outubro 2016