«Media 2020» - Um Mundo de Oportunidades Digitais

2014-12-08
Fonte: Jornal de Negócios
Foto por: Cortesia de Stuart Miles em FreeDigitalPhotos.net

A digitalização está a transformar o nosso dia-a-dia enquanto consumidores e, em paralelo, está a fazê-lo para as empresas de "media".

A evolução tecnológica e a correspondente digitalização dos media estão a provocar uma alteração estrutural nos comportamentos dos consumidores e a romper com os modelos de negócio tradicionais no setor.
No entanto, a Roland Berger acredita que as empresas com estratégias claras e inovadoras terão um lugar na nova realidade digital.
O novo consumidor de "media": "sobre equipado" e ávido de conteúdo
A evolução tecnológica tem permitido a proliferação de equipamentos com acesso à internet (p.e. "smartphones"; "tablets") a (...)

UE analisa telecomunicações e conteúdos em plano de crescimento económico

2014-12-08
Fonte: Computerworld
Foto por: Wikipedia/ Amio Cajander

A Comissão pretende simplificar as regras dos direitos autorais e da defesa do consumidor para compras online e digitais.

A remoção das barreiras regulatórias nos mercados das telecomunicações, do comércio eletrónico e de media digital é uma das principais prioridades da Comissão Europeia, no plano de investimento de 315 mil milhões de euros para promover o emprego e o crescimento na Europa.
As áreas de regulamentação em análise incluem a proteção de dados, telecomunicações, direitos de autor e proteção dos consumidores online.
O plano deve ajudar a impulsionar a economia europeia e a estimular investimentos, disse o Presidente da Comissão, (...)

Alemanha pondera privatização de correios, telecomunicações e comboios

2014-12-08
Fonte: Económico
Foto por: Wikipedia/ Tiia Monto

O Governo alemão está a estudar a venda das suas posições na Deutsche Telekom, na Deutsche Post e na Deutsche Bahn, uma operação que poderá render 24 mil milhões de euros aos cofres de Berlim, avança a Reuters.

A intenção consta de um documento a que aquela agência teve acesso e que já terá tido a aprovação do Ministro das Finanças, Wolfgang Schaeuble, e aguarda a da Chanceler Angela Merkel.
O encaixe neste momento permitiria ao Estado compensar a redução de verbas noutras fontes de receitas, quer pelo abrandamento da economia, quer pelo reduzido nível de impostos cobrados.
Além disso, financiaria o plano de investimentos em infraestruturas, que tem sido reclamado para reanimar a economia e substituir equipamentos obsoletos ou (...)

Guiné-Bissau recupera identidade na Internet

2014-12-08
Fonte: VOA
Foto por: Cortesia de Salvatore Vuono em FreeDigitalPhotos.net

GW é o domínio da Guiné-Bissau, cujo registo público foi anunciado agora oficialmente.
Após vários anos de avanços e recuos, a Guiné-Bissau resgatou o seu domínio na internet, ou seja, passa agora a ter uma identidade própria.

GW é o domínio da Guiné-Bissau, cujo registo público, foi anunciado oficialmente no passado dia 26 de novembro.
A Guiné-Bissau criou o seu domínio na internet desde 1999, tendo sido a sua gestão atribuída à empresa pública de Comunicações Nacional, Guiné Telecom. Mas, com o desmoronamento da citada empresa, ainda aos escombros, o Governo viria a assumir a gestão do domínio.
GW é uma sociedade mista de interesses alemães e guineenses. Isto foi em 2007. E foi a partir daí que a identidade da Guiné-Bissau na internet ganhou uma má (...)

Televisão digital em São Tomé e Príncipe, em Junho de 2015

2014-12-08
Fonte: Macauhub/ST
Foto por: Cortesia de Naypong em FreeDigitalPhotos.net

O projeto de passagem do sinal do canal público de televisão de São Tomé e Príncipe de analógico para digital ficará concluído em Junho de 2015 e terá um custo superior a 7 milhões de dólares, anunciou no passado dia 5 de novembro em São Tomé o diretor da TVS.

Frederico Umbelina sublinhou que o projeto conta com a participação técnica da Autoridade Geral de Regulação (AGER), o regulador das telecomunicações no arquipélago e com o financiamento do Banco Mundial e da Turquia.
O Diretor do canal público de televisão disse ainda que o projeto, elaborado em parceria com consultores espanhóis e a Universidade do Minho de Portugal, vai exigir a recuperação física e técnica das instalações da única estação de televisão do arquipélago.
Sublinhou que um dos objetivos é o de aumentar o (...)

A colmatar a lacuna da banda larga na economia digital da Finlândia rural

2014-12-08
Fonte: União Europeia
Foto por: Wikipedia/ M. Passinen

O orçamento da UE contribui para a execução das políticas da UE destinadas a melhorar as vidas dos europeus e a influenciar o mundo de forma positiva. Este é um desses projetos!

A Finlândia é o país mais rural da Europa. Cerca de 30 % das empresas finlandesas estão localizadas em zonas rurais. A mecanização reduziu os postos de trabalho nos setores silvícola e alimentar. Agora são necessários novos empregos para manter vivas as comunidades rurais.
Foi por isso que a REDR ajudou a financiar uma ligação à Internet de banda larga para melhorar as oportunidades de trabalho à distância em cinco aldeias finlandesas, ajudando a aumentar a competitividade das empresas locais.
Restituir a esperança, criar (...)

Parlamento Europeu aprova resolução para desmantelar a Google

2014-12-08
Fonte: DN
Foto por: Google

O Parlamento Europeu adotou, no passado dia 27 de novembro, com uma grande maioria, uma resolução não vinculativa que apela ao desmantelamento do gigante americano da Internet, a Google.

A resolução, um texto acima de tudo simbólico, "apela à Comissão que crie propostas a fim de separar os motores de pesquisa dos outros serviços comerciais". Foi adotada com 384 votos a favor, 174 contra e 56 abstenções.
O Parlamento Europeu adota todos os anos dezenas de resoluções para levar certos assuntos à atenção da Comissão Europeia, que detém o monopólio da iniciativa legislativa na Europa. Mas esta, intitulada "Resolução para a defesa dos direitos dos consumidores no mercado digital", atraiu a atenção pois está diretamente (...)

Google diz que 45% dos ataques de phishing são bem-sucedidos

2014-12-08
Fonte: Notícias ao Minuto
Foto por: Cortesia de Stuart Miles em FreeDigitalPhotos.net

Uma pesquisa feita pela Google e pela Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, revela que 45% dos ataques de phishing feitos manualmente são bem-sucedidos.

Meia hora, 30 minutos, é mais do que suficiente para que cerca de 20 contas sejam invadidas e somente três para que o hacker encontre a informação que quer.
De acordo com a informação avançada pela gigante de Mountain View, são as contas de e-mail as mais lesadas (com 35% dos ataques analisados). Seguem-se os acessos bancários (21%), as lojas de aplicações (16%) e as redes sociais (14%).
Quanto à origem destes ataques, a investigação norte-americana defende que chegam, sobretudo, da China, Costa do Marfim, Malásia, Nigéria (...)

Paulo Varela sai da Visabeira, mas continua na PT SGPS

2014-11-07
Fonte: Público
Foto por: AICEP

O Presidente da Visabeira Global e Vice-Presidente do Grupo Visabeira, Paulo Varela, cessou todas as funções no Grupo no final do mês, mas continuará a representar a empresa no Conselho de Administração da PT SGPS. "É um processo normal que já estava a ser preparado com o Presidente do Grupo [Fernando Nunes] desde o início do ano", disse o Gestor ao PÚBLICO. "Comecei como estagiário no departamento jurídico, penso que já fiz o meu percurso no Grupo e que é o momento certo para me lançar noutros projetos", acrescentou.

Projetos que ainda não estão definidos, mas que Paulo Varela quer que tenham relação com o mercado africano. "Quero ficar em Portugal, mas numa atividade com responsabilidades de âmbito internacional, nomeadamente com exposição ao mercado africano, que é aquele de que gosto e conheço bem", disse.
Paulo Varela é Administrador não executivo da PT SGPS em representação da Visabeira, que tem 2,64% do capital do antigo Grupo de Telecomunicações, e apesar de sair do Grupo irá continuar a desempenhar estas funções, porque "os acionistas [da (...)

Espaço de consolidação nas telecomunicações

2014-11-07
Fonte: Notícias ao Minuto
Foto por: Cortesia de Goldy em FreeDigitalPhotos.net

O Presidente Executivo operadora de telecomunicações NOS, Miguel Almeida, afirmou, no passado dia 16 de outubro, que o espaço de consolidação do setor das telecomunicações em Portugal "é relativamente marginal".

Miguel Almeida falava enquanto orador convidado do Jantar-Debate organizado pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDC), que reuniu vários atores do setor em Lisboa.
Questionado sobre consolidação no setor das telecomunicações, Miguel Almeida afirmou: "Não tenho bola de cristal".
Considerou, no entanto, não haver muito espaço de consolidação em Portugal, afirmando que "há um espaço relativamente marginal".
Em relação à questão de a NOS poder passar a ser a empresa portuguesa de bandeira, (...)