Operadores Postais Europeus empenhados na Inovação para melhorar Serviços de Entregas

2016-04-07
Fonte: CEP-Research
Foto por: Market Force

O potencial e os desafios da cooperação transfronteiriça no Serviço de Entregas, as estratégias do Serviço Postal Digital e Logística Urbana estiveram entre os temas-chave da conferência anual da Market's Force que decorreu no passado mês de março em Lisboa.

Realizada pela 19.ª vez, a conferência anual da Market’s Force mais uma vez atraiu os altos executivos e gerentes seniores de toda a Europa com uma vasta gama de apresentações e debates sobre assuntos estratégicos e temas operacionais, com foco particular em inovações postais e serviços de encomendas. Para dar início ao Fórum, o moderador Peter Somers, CEO da SprintPack, evidenciou as tendências e desafios da indústria, incluindo baixos lucros nos negócios em crescimento de encomendas e logística, a rentabilidade contínua do negócio (...)

Angola: País vai manter terminais telefónicos com nove dígitos

2016-04-07
Fonte: ANGOP
Foto por: Cortesia de stockimages em FreeDigitalPhotos.net

As comunicações telefónicas na rede fixa e móvel do país vão continuar a ser processadas com suporte a nove dígitos, numa estratégia que tem sustentação no plano de Espetro Radielétrico e Numeração, aprovado no passado dia 30 de março pelo Conselho de Ministros.

 O Ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, Carvalho da Rocha, justificou a manutenção dos nove dígitos indicativos dos terminais telefónicos no país, pelo facto de ainda haver espaço na quota destinada ao país.
Carvalho da Rocha, que falava à imprensa no final da 3.ª sessão ordinária do Conselho de Ministros, disse ter sido também aprovado na reunião o plano estratégico para o licenciamento de operadores de serviços de telecomunicações e tecnologias de informação.
Quanto ao licenciamento de operadores (...)

Operadores de telecomunicações vão entrar cada vez mais no domínio dos OTT. E o contrário também é verdade.

2016-04-07
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Cortesia de kanate em FreeDigitalPhotos.net

Os operadores de telecomunicações queixam-se da concorrência dos chamados serviços Over the Top (OTT), mas produtores de conteúdos, os fornecedores destes serviços e até o regulador acredita que a margem para reagir existe e o espaço para parcerias também.

Num debate promovido pela ANACOM, que juntou no mesmo palco representantes da Microsoft, da Media Capital, da Fremantle Media, da Universidade Nova de Lisboa e da Autoridade da Concorrência, dominou a ideia de que operadores de telecomunicações e OTT podem e devem cooperar, já que mantêm negócios que se alimentam mutuamente e que a tendência será cada vez mais a diluição das fronteiras que marcam o território de uns e de outros.
Os operadores de telecomunicações tradicionalmente disponibilizam redes e serviços de acesso a dados e voz fixa (...)

Transformação digital acelera PME

2016-04-07
Fonte: OJE
Foto por: IDC/SAP

As pequenas e médias empresas (PME) que já adotaram a tecnologia digital apresentam um crescimento mais rápido que outras que ainda não o fizeram, revela o estudo “Prosperar na Economia Digital” (Thriving in the Digital Economy), realizado pela IDC para a SAP.

As conclusões são provenientes da análise das respostas de 3.210 inquiridos, de 11 países, que trabalham em empresas com entre 10 e 999 colaboradores e evidencia uma correlação entre a adoção da transformação digital e o crescimento acelerado das PME.
A principal conclusão que se destaca deste relatório é que a transformação digital também tem um grande impacto nos pequenos negócios a nível mundial”, afirmou Rodolpho Cardenuto, Presidente da Global Channels & General Business da SAP.
O nosso portefólio (...)

Quase metade dos internautas foi alvo de malware no ano passado

2016-04-07
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Cortesia de watcharakun em FreeDigitalPhotos.net

Os números são expressivos: 45% das pessoas que usam Internet foram alvo de algum formato de software malicioso. O relatório da Kaspersky revela ainda que quem foi obrigado a gastar dinheiro para resolver o problema teve de desembolsar em média 140 euros para recuperar o dispositivo.

A empresa de segurança informática Kaspersky revelou os resultados do seu estudo anual sobre cibersegurança e os indicadores não são positivos: 45% dos internautas foram alvo de uma infeção por malware em 2015.
O relatório indica que em 81% dos casos o utilizador ou o seu dispositivo foram impactados de forma negativa e que, do total de internautas infetados, 13% não fazem ideia de como apanharam o vírus online.
Entre os que acreditam saber por que razão foram alvo de um software malicioso, estas foram as (...)

Em 50 anos robots farão quase tudo o que fazemos mas será que nos roubam o emprego?

2016-04-07
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Cortesia de vectorolie em FreeDigitalPhotos.net

Nos próximos anos o desenvolvimento da computação vai acelerar. O interesse na área da inteligência artificial e os milhões investidos nessa área dão sinais claros dessa tendência. Mas o que significará essa evolução?

Se o tema for emprego a opinião geral pode levantar mais receios do que encontrar oportunidades, mas para a maioria das pessoas esta é uma ameaça longínqua e que dificilmente se concretizará na sua geração.
Para 65% dos norte-americanos – residentes no país onde estão boa parte dos grandes investimentos em robótica - ouvidos numa pesquisa da Pew Internet, em meia década os robots terão capacidade para assegurar quase todas as tarefas que hoje desempenhamos a nível profissional.
Os inquiridos acreditam que entre máquinas e (...)

Facebook, Google e Snapchat vão reforçar segurança das comunicações dos seus utilizadores

2016-04-07
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Cortesia de Stuart Miles em FreeDigitalPhotos.net

O momento não podia ser o mais indicado, na senda do braço de ferro entre Apple e FBI: as gigantes tecnológicas decidiram precaver-se ainda mais e reforçar a tecnologia que assegura a privacidade dos seus utilizadores.

Dentro de poucas semanas, o WhatsApp planeia alargar as caraterísticas de segurança já existentes do seu serviço de messaging para permitir chamadas e mensagens encriptadas, segundo avança o “The Guardian”. Tal fará com que as comunicações sejam ainda mais difíceis de aceder.
Tais níveis de proteção já geraram conflitos abertos com o WhatsApp em vários países. O caso mais recente aconteceu no Brasil, com a prisão de um dos seus responsáveis, pelo serviço não conseguir disponibilizar acesso às mensagens dos utilizadores, (...)

Netflix impulsiona serviços de conteúdos pela internet

2016-04-07
Fonte: Notícias ao Minuto
Foto por: Netflix

A oferta e procura de OTT - serviços de comunicações disponibilizados através da internet por entidades independentes dos operadores de rede - deverá aumentar 37% dentro de um ano em Portugal, sobretudo depois da entrada do Netflix, revela um estudo da ANACOM.

O Estudo sobre Serviços de Aplicações e Conteúdos (Over-The-Top - OTT), realizado pela consultora Qmetrics para a Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM), estima que "aproximadamente dentro de um ano" a oferta e a procura de serviços OTT deverá crescer em média 37% (volume de tráfego) e avança que o aumento em Portugal "poderá ter a ver com a entrada no mercado de uma nova entidade - o Netflix".
Perante o cenário de aumento de procura, o estudo diz que a maioria dos entrevistados considera que (...)

Tecnologia 5G domina feira de Barcelona

2016-03-09
Fonte: DW
Foto por: MWC 2016

Quinta geração de internet móvel, com sua promessa de velocidades ainda mais rápidas, tornou-se o centro das atenções do MWC 2016. Mas a tecnologia só deve chegar ao mercado depois de 2020.

A próxima geração da internet móvel é a conexão 5G – abreviação de quinta geração –, depois da 4G (também chamada LTE), da 3G e da 2G.
Pode parecer pouco romântico, mas as velocidades estonteantes que o universo 5G deve trazer são capazes de deixar qualquer um deslumbrado. Estima-se uma velocidade de download de até 10 Gbps, ou dez vezes mais que os níveis atuais da 4G.
Há também o chamado período de latência – ou quanto tempo um dispositivo leva para transferir um pacote de dados para outro dispositivo. Com a tecnologia (...)

Huawei anuncia cinco iniciativas para a transformação digital da indústria de telecomunicações

2016-03-09
Fonte: Segs
Foto por: Huawei MWC 2016

Durante o Mobile World Congress (MWC 2016), a Huawei anunciou as suas cinco grandes iniciativas para acelerar a transformação digital na indústria de telecomunicações, além de aprovar plataformas abertas capazes de permitir a colaboração entre empresas: Vídeo em todos os lugares (Big Video - Everywhere); TI que habilita (Big IT - Enabling); Operação ágil (Big Operation - Agile); Arquitetura elástica (Big Architecture - Elastic); Condutor em toda parte (Big Pipe - Ubiquitous). Isto representa o compromisso de longo prazo da empresa para a construção de um mundo melhor conectado por meio da ampla colaboração na indústria.

Previsões
A Huawei prevê um mercado potencial de US$ 100 mil milhões para a indústria de vídeo e de US$ 1 trilião para o mercado de nuvem empresarial. Para mais, o número de conexões IoT deverá crescer 10 vezes, um cenário com inúmeras oportunidades para as operadoras de telecomunicações. De acordo com as previsões da empresa, até 2025 haverá mais quatro bilhões de novos usuários de banda larga e mais de 100 bilhões de coisas conectadas digitalmente e o consumo de dados de cada pessoa aumentará mais de 500 vezes. Os (...)