Prémios da Lusofonia entregues em Paris

2019-03-07
Fonte: Jornal de Notícias

 

No rol de galardoados contaram-se personalidades de Portugal, Brasil, Angola, Moçambique e Cabo Verde que se notabilizaram nos domínios do desporto, cinema, escultura, literatura, pintura, música, fotografia, investigação, Ensino Superior, meio empresarial, arquitetura, diplomacia, política e ecologia. Todas reconhecidas por se terem "destacado na afirmação e projeção internacional da língua portuguesa e da cultura lusófona".
O maestro Álvaro Cassuto (80 anos), o arquiteto Álvaro Siza Vieira (85 anos), o ator Lima Duarte (88 anos) e o escritor Mia Couto (63 anos) receberam o Prémio Carreira.
O Prémio Imprensa Escrita foi entregue a Domingos de Andrade, Diretor do JN, como reconhecimento pelo trabalho desenvolvido com base na língua de Camões. José Rodrigues dos Santos (Literatura), Jacyr Costa Filho (Empreendedorismo), Teresa Simões (Arquitetura), Guido Palomba (Medicina), Francisco Simões (Escultura), José Maria Costa (Poder Local), Eugénio Anacoreta (Diplomacia), José Arantes (Televisão/Lusofonia), José Jorge Letria (Defesa dos Direitos de Autor/Lusofonia), Carlos Matos (Diáspora), Cristiano Ronaldo (Desporto) e Egídio dos Santos (Educação e Investigação) foram outros dos laureados.
O IMLus é um organismo independente presidido por Isabelle de Oliveira, professora universitária da Sorbonne Paris III, e foi criado em dezembro de 2017.

Fevereiro 2019

 

Bookmark and Share