Livro sobre o Delta do Rio das Pérolas pretende apoiar países de língua portuguesa

2017-02-12
Fonte: Macauhub
Foto por: Macauhub

 

O Instituto Internacional de Macau (IIM) acaba de lançar o livro “Pearl River Delta – From World Factory to Global Innovator”, que pretende analisar o futuro económico da região do Delta do Rio das Pérolas, sul da China, que de uma zona rural se transformou numa metrópole industrial moderna com 60 milhões de habitantes.
O Delta do Rio das Pérolas é hoje a maior zona urbana do mundo tanto em área como em população.
O livro escrito pelos investigadores Thomas Chan e Louise do Rosário explora o futuro económico da região fazendo um perfil das nove cidades mais importantes do Delta e do seu desenvolvimento e modernização no âmbito do 13.º Plano Nacional da China (2016-2020) e da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota.”
O livro, em língua inglesa, surge depois de o IIM ter publicado nos últimos quatro anos oito livros em língua portuguesa que abordam a história do Delta do Rio das Pérolas, o seu desenvolvimento económico desde 1978 e as oportunidades de investimento existentes na zona e um perfil pormenorizado das nove grandes cidades do Delta: Guangzhou, Shenzhen, Foshan, Dongguan, Huizhou, Zhongshan, Jiangmen, Zhuhai e Zhaoqing.
Macau faz parte da história de sucesso do Delta do Rio das Pérolas estando cada vez mais integrado no desenvolvimento económico do Delta e sendo hoje uma plataforma para o relacionamento económico da China com os países de língua portuguesa.
Com o seu papel de ponte cada vez mais definido, Macau pode representar um apoio importante a empresas e homens de negócios estrangeiros, nomeadamente dos países de língua portuguesa, para acederem ao mercado do Delta que é o motor do desenvolvimento económico da China.
De acordo com o livro, “com a entrada em funcionamento da ponte que vai ligar Hong Kong a Macau e Zhuhai, em 2018, o desenvolvimento do Delta terá um novo impulso que certamente trará benefícios para toda a atividade económica da região.”
O livro elaborado pela produtora de conteúdos editoriais Macaulink contou com o apoio da Fundação Macau e teve como parceiros a Associação de Macau para Pesquisa do Delta do Rio das Pérolas e da Associação de Jovens Empresários Portugal-China.

 

Bookmark and Share