Fundo de Cooperação China-Países de Língua Portuguesa terá sede em Macau em 2017

2017-02-12
Fonte: Macauhub
Foto por: Macauhub

A instalação da sede do Fundo de Cooperação para o Desenvolvimento China-Países de Língua Portuguesa em Macau “está iminente”, disse, no passado dia 25 de janeiro, em Macau a vogal executiva do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), Glória Batalha Ung.

Glória Ung adiantou que o processo de transferência da sede do Fundo está dependente de “procedimentos administrativos e de licenças” mas salientou que deverá ficar concluído em 2017.
A responsável adiantou ainda que a transferência da sede do Fundo de Pequim para Macau vai tornar mais fácil para as empresas locais a obtenção de informações sobre esse Fundo, a procura de financiamento para os respetivos projetos e o desenvolvimento dos mercados dos países de língua portuguesa em cooperação com as empresas da China, ao mesmo tempo que presta apoio às empresas dos países de língua portuguesa para que participem na iniciativa de “Uma Faixa e Uma Rota.”
Glória Batalha Ung, que falava para uma plateia constituída por mais de 250 representantes das associações comerciais e das empresas locais, disse que todos estes factores irão ajudar a elevar o papel de Macau enquanto plataforma de serviços financeiros para a cooperação económica e comercial entre a China e os países de língua portuguesa.
Disse ainda que mesmo antes da instalação oficial da sede do referido Fundo em Macau, o IPIM oferece já às empresas locais serviços de encaminhamento das candidaturas, ajuda na recepção dos documentos inerentes e na prestação de esclarecimentos que forem necessários.
O Fundo de Cooperação para o Desenvolvimento entre a China e os Países de Língua Portuguesa, anunciado em Novembro de 2010 pelo então primeiro-ministro Wen Jiabao durante a 3.ª Conferência Ministerial do Fórum de Macau, tem uma dotação financeira inicial de 1000 milhões de dólares.

Janeiro 2017

Bookmark and Share