Universidades apoiam ensino da língua portuguesa em Yangzhou, província de Jiangsu

2016-11-14
Fonte: Macauhub
Foto por: UCCLA

Universidades portuguesas vão apoiar o ensino da língua portuguesa na Universidade de Yangzhou, cidade da província chinesa de Jiangsu, de acordo com a União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA).

Uma delegação da UCCLA visitou entre 20 e 28 de outubro Macau e três cidades de Jiangsu a convite do governo da província, tendo as autoridades provinciais e as do município de Changzhou apoiado a intenção daquela união em abrir um escritório no parque de cooperação de Yangzhou, Macau e os países de língua oficial portuguesa, que ficará localizado naquele município.
O escritório destina-se, de acordo com o comunicado divulgado, a facilitar as parcerias empresariais e a dinamizar atividades culturais no quadro da plataforma de Macau para os países e cidades de língua portuguesa.
Os membros da delegação participaram no decurso desta deslocação na 6.ª Cimeira para o Desenvolvimento Comercial e Industrial da Província de Jiangsu, Macau e dos Países de Língua Portuguesa, que se realizou em Macau e na 3.ª Reunião Conjunta para a Cooperação Universitária entre Jiangsu, Macau e os Países de Língua Portuguesa, em Yangzhou.
A cidade chinesa de Changzhou vai albergar o parque de cooperação Jiangsu-Macau, ao abrigo de um memorando assinado em Outubro entre o Chefe do Executivo de Macau, Chui Sai On e o governador da província de Jiangsu, Shi Taifeng.
Changzhou, na província de Jiangsu junto ao rio Yangtze, e a cerca de 150 quilómetros de Xangai e Nanquim dispõe já de parques de inovação construídos no âmbito da cooperação da China com Israel e com a Alemanha.
A província de Jiangsu, que tem a capital em Nanjing, tem uma população de 80 milhões de habitantes, sendo a segunda província da China a contribuir para o PIB do país.

Novembro 2016

Bookmark and Share