Instituto do Mundo Lusófono vai ser "vitrina da lusofonia"

2018-01-07
Fonte: Notícias ao Minuto
Foto por: IMLus

O Instituto do Mundo Lusófono (IMLus) foi lançado, no passado dia 7 de dezembro, na universidade da Sorbonne, em Paris, e trata-se de uma plataforma que pretende ser uma "vitrina da lusofonia", disse a presidente do instituto Isabelle de Oliveira.

O Instituto do Mundo Lusófono, criado em finais de 2015, foi apresentado no primeiro Congresso da Lusofonia e da Francofonia, que e decorreu, em Paris, tendo como embaixadora a escritora Alice Vieira e como madrinha a deputada Maria de Belém Roseira. O instituto vai juntar parceiros económicos, universidades e agentes da cultura dos países lusófonos mas, para já, é apenas de uma plataforma digital e a sua sede física deverá ser inaugurada dentro de um ano em Paris, de acordo com Isabelle de Oliveira, que também organizou o congresso.
"Foi (...)

São Paulo ganha novo festival cultural lusófono em 2018

2018-01-07
Fonte: Mundo Lusíada
Foto por: Mundo Lusíada

A Semana Internacional de Música de São Paulo – SIM São Paulo aconteceu em dezembro e trouxe uma programação repleta de atividades, incluindo um debate sobre a Lusofonia, a comunidade formada por todos os povos e as nações que compartilham a língua e cultura portuguesas.

Após o painel “Dos dois lados do Atlântico: A conexão lusófona”, com representantes de Portugal e Angola com o intuito de aumentar a aproximação desses e outros países lusófonos com o Brasil, foi anunciando a criação do Festival Fixe, um festival lusófono que deverá “ser realizado em 2018 no Brasil visando estreitar laços”, contou Anabela Cunha, mediadora do evento.
O foco do Festival Fixe será música, mas tentaremos trazer outras áreas da cultura, como gastronomia, cinema, literatura e teatro”, (...)

Comércio entre a China e os países de língua portuguesa cresce 29,81% de janeiro a outubro

2018-01-07
Fonte: Macauhub
Foto por: Cortesia de satit_srihin em FreeDigitalPhotos.net

O comércio entre a China e os países de língua portuguesa cresceu 29,81% em termos homólogos de Janeiro a Outubro para 97,99 mil milhões de dólares, revelam dados oficiais chineses divulgados pelo Fórum de Macau.

Ao longo dos primeiros dez meses do ano a China importou dos oito de língua portuguesa mercadorias no valor de 68,38 mil milhões de dólares (+32,21% em termos homólogos) e exportou para aqueles países bens no valor de 29,61 mil milhões de dólares, assumindo um défice comercial de 38,77 mil milhões de dólares.
Com o Brasil, o principal parceiro comercial mundial, a China trocou mercadorias no montante de 72,83 mil milhões de dólares (+29,26%), tendo vendido aquele país da América do Sul bens no valor de 23,50 mil milhões de dólares (...)

Produto Interno Bruto de Cabo Verde aumenta 4,9% no 3.º trimestre de 2017

2018-01-07
Fonte: Macauhub
Foto por: Davetrainer/ Wikipedia

O Produto Interno Bruto (PIB) aumentou, em termos homólogos, 4,9% no 3.º trimestre de 2017, contra 3,0% no trimestre anterior, evolução que resultou do maior contributo das despesas do consumo final e das exportações, informou o Instituto Nacional de Estatística (INE) do arquipélago.

O INE informou ainda no comunicado com as Contas Nacionais Trimestrais relativas ao período de Julho a Setembro que a aceleração do consumo final resultou, principalmente, do aumento das despesas do consumo final da administração pública.
A formação bruta de capital fixo ou investimento teve, em termos homólogos, uma variação negativa de 12,3%, que compara com uma variação positiva de 22,4% no trimestre anterior.
As exportações efectuadas no terceiro trimestre registaram um aumento homólogo de 14,1%, contra uma quebra de 5,2% no trimestre anterior e (...)

2018: Cabo Verde à frente da CPLP num ano em que se perspetivam privatizações

2018-01-07
Fonte: Diário de Notícias
Foto por: CPLP

A presidência da comunidade de países lusófonos deverá marcar 2018 em Cabo Verde, onde se perspetiva a privatização de várias empresas, incluindo a TACV, e a concretização do 'hub' aéreo do Sal.

Cabo Verde vai assumir a presidência rotativa da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) 2018- 2020 e acolher a XII conferência de chefes de Estado e de Governo lusófonos, que deverá ocorrer em julho.
Depois de ter perdido para a Costa do Marfim a presidência da comissão da Comunidade Económica de Países da África Ocidental (CEDEAO), a ação da política externa de Cabo Verde centrar-se-á, no próximo ano, na presidência da CPLP.
O país quer uma presidência marcada pela agenda cultural, com a proposta de criação de um (...)

A literatura e a geografia de Cabo Verde na escrita de seu presidente

2017-12-10
Fonte: Correio Braziliense
Foto por: Fnac

 

«O albergue espanhol», um escritor planeja meticulosamente o romance que ainda não escreveu. Lista os temas sobre os quais falará, decide que apenas nomes com cinco letras e “azulado som” entrarão no texto, escolhe uma cidade verde e afrodisíaca para servir de rota de emigração e avisa ao leitor, logo no início, que ele encontrará ali mares, navegantes, brisa, nuvens, artesanatos e cavalos. É inusitado «O Albergue espanhol» de Jorge Carlos Fonseca, jurista nascido em Mindelo, na ilha de São Vicente, em Cabo Verde, e presidente reeleito do (...)

«Fitxadu» de Sara Tavares

2017-12-10
Fonte: Fnac
Foto por: Fnac

 

Sara Tavares está de regresso às edições discográficas. Chama-se “Fitxadu” e é o quinto trabalho de originais de um nome maior da música portuguesa e Pela primeira vez, Sara Tavares partilha a composição das suas canções, na companhia de nomes como Kalaf Epalanga, Toty Sa´Med, Manecas Costa, Bilan (Cachupa Psicadélica) Princezito, ou Paulo Flores, entre muitos outros. “Coisas Bunitas” e “Brincar de Casamento” anteciparam a chegada do quinto trabalho de originais com data de edição dia 27 de Outubro de 2017 (Sony Music Portugal), (...)

Sabor de Moçambique: Doce de Batata

2017-12-10
Fonte: Rotas Turísticas
Foto por: Rotas Turísticas

 

Ingredientes:
• 2 kg de batata doce
• Açúcar
• 1/2 colher de chá de baunilha

Confeção
Lave as batatas e cozinhe-as com casca. Depois de estarem bem cozidas, passe-as em peneira fina. Pese a massa obtida e açúcar na mesma proporção e ponha numa panela levando ao lume mexendo bem sem parar, até aparecer o fundo da panela. Antes de retirar o doce do lume junte a baunilha.
Retire do lume, deixe arrefecer e corte à vontade.

 

“Banco Africano de Desenvolvimento vai olhar para países lusófonos como um bloco”

2017-12-09
Fonte: Observador
Foto por: Banco Africano de Desenvolvimento

O presidente do Banco Africano de Desenvolvimento disse que a instituição financeira vai olhar para os países lusófonos como um bloco e não individualmente.

O presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), Akinwumi Adesina, disse no passado dia 14 de novembro, à Lusa que esta instituição financeira está a preparar um novo olhar sobre os países lusófonos, olhando para os países como um bloco e não individualmente.
Quero que o BAD olhe para os países lusófonos de uma maneira diferente; estamos a criar um compacto entre o BAD e Portugal para ver como olhar para projetos maiores e usar os nossos instrumentos para tirar risco e dar mais escala aos projetos”, disse Adesina em (...)

Afirmar a lusofonia e a francofonia como "contrapeso cultural" ao inglês

2017-12-09
Fonte: DN
Foto por: UCCLA

Representantes do espaço linguístico do português e do francês encontraram-se nos passados dias 7 e 8 de dezembro, na Sorbonne Nouvelle, em Paris, para refletir sobre novas formas de cooperação e de definição de estratégias comuns a nível mundial

 

Reunir os decisores e intervenientes dos espaços linguísticos do português e do francês para refletir sobre os desafios da globalização e encontrar estratégias para as duas línguas serem um contrapeso cultural ao inglês é o objetivo do Congresso da Francofonia e da Lusofonia 2017, que hoje se inicia em Paris.
Para a presidente do congresso e diretora da Faculdade de Línguas Estrangeiras Aplicadas da Universidade Sorbonne Nouvelle, a luso-francesa Isabelle de Oliveira, é fundamental a cooperação (...)