Empresa chinesa de TV por assinatura pretende começar a operar em Angola

2017-04-09
Fonte: Macauhub
Foto por: Startimes Media

A Startimes Media, uma empresa que fornece televisão por assinatura a cerca de 10 milhões de clientes em África, pretende expandir a atividade no continente, sendo Angola um dos países que está a ser analisado, disse o vice-presidente da operadora chinesa de TV no Quénia, Mark Lisboa.

A empresa opera atualmente em 14 países de África a sul do Saara, como o Quénia, Uganda, Tanzânia, Moçambique e África do Sul.
Em declarações à agência noticiosa Xinhua, Mark Lisboa adiantou pretender a empresa expandir a sua presença no continente e atingir um total de 20 países até ao final do ano.
Os países contemplados nesse processo de expansão incluem, além de Angola, o Egipto, Namíbia e Suazilândia.
A empresa disponibiliza cerca de 440 canais, nomeadamente de notícias, filmes, séries, desporto e entretenimento infantil.

Março 2017

Bookmark and Share