TDT em Angola paga pelos chineses e por privados

2017-01-16
Fonte: Sapo 24
Foto por: Cortesia de Graphics Mouse em FreeDigitalPhotos.net

O Governo angolano quer enquadrar o programa de migração da televisão analógica para digital na linha de crédito da China e envolver empresas privadas no processo, para reduzir os encargos do Estado, face às dificuldades financeiras do país.

De acordo com o conteúdo de um despacho presidencial de dezembro, ao qual a Lusa teve hoje acesso, a empresa pública TVDA – Serviços de Transmissão e Difusão, criada para a migração digital dos serviços de teledifusão terrestre, passa a ter um capital social subscrito em apenas 16% pela Televisão Pública de Angola.
O Ministro das Telecomunicações e das Tecnologias de Informação deve assegurar todos os procedimentos legais e administrativos com entidades privadas para a subscrição dos 84% do capital social no investimento (...)

Google aposta em Lisboa para promover sistema Android

2017-01-16
Fonte: RTP/ Nuno Patrício e Sara Piteira
Foto por: RTP

Estamos crescentemente enraizados no mundo tecnológico. Ter acesso a um computador, em casa ou no trabalho, é cada vez mais normal e a sua utilização faz parte da rotina. Nos últimos anos, Portugal tem acompanhado esta evolução com uma séria aposta - nos domínios empresarial e governamental.

Adotar mecanismos facilitadores é um objetivo primordial de muitas empresas, sempre com o objetivo de chegar mais perto do cliente.
Atentas ao empreendedorismo nas áreas da tecnologia estão as empresas motrizes como a Google, que aproveitam as potencialidades de países como Portugal. Foi a busca de oportunidades personificadas em startups portuguesas que serviu de base ao Android Innovation Day.
Promovido pela Google, o evento pretendeu ser uma mostra do que de melhor se faz por cá utilizando a plataforma Android.
Um exemplo (...)

Facebook quer tornar-se Netflix e negoceia com estúdios e produtoras de programas

2017-01-16
Fonte: TudoCelular
Foto por: Facebook

É inegável o esforço do Facebook em se tornar cada vez mais uma plataforma de vídeos. Entre esses, podemos destacar mais recentemente a primeira transmissão ao vivo em 360°.

Contudo, agora, segundo fonte internacionais, a rede social de Mark Zuckerberg pretende rivalizar com a Netflix e, para isso, está a negociar com os estúdios de TV e outros produtores de conteúdo para o licenciamento de programas, muitos deles voltados para o cenário desportivo.
Os valores cobrados por essas empresas não costumam ser menos do que US$ 1 milhão ao ano (R$ 3,5 milhões), porém ainda assim não chegam nem perto do que as redes tradicionais de TV e serviços de streaming concorrentes pagam pelo licenciamento de grandes (...)

IoT vai movimentar US$ 300 mil milhões até 2020 e conectar mais de 20 mil milhões de dispositivos

2016-12-14
Fonte: Teletime
Foto por: Cortesia de andongob em FreeDigitalPhotos.net

Nas últimas semanas, a discussão sobre Internet das Coisas (IoT) tem ganho ampla visibilidade, especialmente quando se trata dos números astronómicos que envolvem o promissor segmento das telecomunicações.

 De acordo com o estudo Defining the Battlegrounds of the Internet of Things, realizado pela Bain & Company, até 2020 os fornecedores de tecnologia e fabricantes de dispositivos voltados à IoT devem movimentar US$ 300 mil milhões; 5 triliões de gigabytes de dados devem ser gerados anualmente em volta desse mercado; e 20 mil milhões de dispositivos estão previstos para estarem disponíveis nos próximos anos, de acordo com o material.
Por isso, executivos de todas as indústrias têm tentado, cada vez mais, entender como (...)

Cabo Verde aprova Estratégia Nacional de Banda Larga

2016-12-14
Fonte: África 21
Foto por: Cortesia de cookie__cutter em FreeDigitalPhotos.net

O Governo de Cabo Verde acaba de aprovar uma resolução que aprova a Estratégia Nacional da Banda Larga (ENBL) e cria a estrutura de suporte para a sua implementação, tendo em vista a massificação do acesso à Internet no arquipélago.

Segundo o Ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Demis Lobo Almeida, a massificação da banda larga é vital para a dinamização da economia e a coesão social de Cabo Verde, devendo ser feita através da democratização do acesso às fontes de conhecimento e de capital intelectual e do combate à infoexclusão.
«A ENBL assume-se como a principal referência para o desenvolvimento de dois vetores-chave da Sociedade de Informação, designadamente a conetividade e a acessibilidade, permitindo a crescente infoinclusão dos (...)

Bruxelas cria "coligação" para desenvolver capacidades digitais dos europeus

2016-12-14
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Cortesia de Master isolated images em FreeDigitalPhotos.net

Estados-membros, empresas e outras organizações juntaram-se para criar uma Coligação que pretende fortalecer as competências digitais dos europeus e para tornar a economia da Europa mais competitiva.

A Coligação para Competências e Empregos Digitais nasce com o propósito de preencher, até 2020, o hiato que existe hoje entre aquilo que são as necessidades do mercado de trabalho e as competências digitais dos europeus.
Este grupo é composto por Estados-membros, bem como por organizações não-governamentais e empresas do sector privado, e é um dos 10 elementos estruturais da Nova Agenda de Competências para a Europa, apresentada em junho e que pretende tornar a economia europeia mais competitiva.
Entre as 30 entidades que formam a (...)

Estados-membros dão apoio "informal" ao plano de disseminação de Wi-Fi por toda a Europa

2016-12-14
Fonte: Sapo tek
Foto por: Cortesia de atibodyphoto em FreeDigitalPhotos.net

Os 28 países da UE já expressaram o seu apoio, ainda que oficiosamente, à iniciativa europeia que pretende levar Wi-Fi gratuita a todas as zonas públicas do continente. A Comissão Europeia (CE) pretende dar arranque à primeira fase de candidaturas antes do próximo verão.

A WiFi4EU é uma proposta que foi avançada pela CE durante o discurso do Estado da União proferido por Jean-Claude Juncker em setembro e que tem como propósito disponibilizar internet de alta-velocidade sem fios e gratuita em todos os parques, praças, edifícios públicos e bibliotecas no bloco europeu.
No dia 2 de dezembro, os ministros europeus com a tutela das telecomunicações expressaram a sua aprovação relativamente a uma primeira versão daquele que será o plano da União Europeia para disseminar a internet por todas as cidades dos vários (...)

Acessos LTE crescem 154% na América Latina em um ano

2016-12-14
Fonte: Tele Síntese
Foto por: Cortesia de cookie__cutter em FreeDigitalPhotos.net

O número de acessos LTE, chamado por operadoras também de 4G, cresceu 154% na América Latina entre o terceiro trimestre de 2015 e o terceiro trimestre de 2016. Os dados foram revelados no passado dia 02 de dezembro, pela 5G Americas, organização de reúne prestadoras de serviços móveis e fornecedores.

Os dados foram reunidos pela empresa de pesquisa de mercado Ovum. Mostram que a América Latina e o Caribe registaram 59,4 milhões de novas conexões LTE – mais que duplicando o número de acessos.
O México e o Brasil, os maiores mercados de assinantes móveis em termos nominais, ainda estão a beneficiar da maior cobertura populacional, frequentemente colocando esses países no topo do ranking de novos assinantes LTE. Mesmo assim, a grande notícia durante o 3T 2016 foi o lançamento comercial de LTE-Advanced no Chile e Peru, e outros (...)

África pode ganhar fábrica de smartphones após acordo com Google

2016-12-14
Fonte: InfoMoney
Foto por: Cortesia de blackzheep em FreeDigitalPhotos.net

Uma startup de Johannesburgo está prestes a tornar-se a primeira companhia da história a fabricar smartphones na África, tirando vantagem dos baixos custos e da crescente demanda local para produzir celulares, tablets e outros aparelhos baseados no sistema Android, do Google.

A Onyx Connect, empresa que conta com apoio privado e que captou 150 milhões de rands (US$ 10,8 milhões) de investidores, começará a produzir no primeiro trimestre, segundo o seu Diretor de Vendas, Andre Van der Merwe. A companhia está licenciada para instalar softwares do Google, como Android e Chrome, em aparelhos vendidos sob sua própria marca ou nos produtos que fabrica para outras empresas.
Estamos a conversar com companhias para fabricar celulares, laptops e possivelmente TV box Android”, disse Van der Merwe em (...)

Portugal quer ser um país digital e a ideia agrada à Google

2016-12-14
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Google

A gigante tecnológica trouxe o seu programa de formação em competências digitais para o mercado português, num investimento “milionário” mais do que justificado. É o Diretor de Assuntos Institucionais da Google Portugal e Espanha quem o diz.

Francisco Ruiz considera que Portugal criou oportunidades únicas em redor da economia digital. “Os portugueses têm um país muito comprometido neste sentido e uma política governamental que está a incentivar os jovens a serem empreendedores”, referiu em declarações ao TeK, à margem do lançamento da iniciativa Atelier Digital.
Depois de passar por “tempos difíceis”, o país fez a aposta certa, comenta o responsável. “Portugal tem tudo para dar um salto estupendo. Quanto mais apostar na economia digital mais rápido vai (...)