“2020 vai ser um ano de viragem para os CTT”, revela presidente executivo

2020-01-13
Fonte: CTT – Correios de Portugal
Foto por: CTT – Correios de Portugal

O ano de 2020, ano em que se assinalam cinco séculos de correios em Portugal, será um ano “de viragem”, afirma João Bento.

Desafiado pelo ECO a revelar os seus desejos para o próximo ano, João Bento, presidente executivo dos CTT, disse esperar “que se inicie uma nova fase de crescimento dos proveitos” para a companhia.
Para os CTT, o próximo ano é muito relevante, uma vez que se celebram os 500 anos de correio em Portugal e ainda o ano em que termina o contrato de concessão do serviço público universal. Em 2020, deverão ser negociados e estabelecidos os novos termos do novo contrato, algo que João Bento anseia com alguma expectativa.
É também um ano em que, para além do reforço da rede de retalho através da reabertura de lojas encerradas em sede de concelho, reafirmamos com atos concretos a nossa condição de parceiro de proximidade e de prestador de um serviço de qualidade”, disse ao matutino.
Assim, para a empresa, o maior desejo é que 2020 “possa constituir-se como um ano de viragem para a empresa com a expectativa de que se inicie uma nova fase de crescimento dos proveitos”.
João Bento destacou “o alargamento da abrangência da oferta de soluções empresariais cada vez mais inovadoras em torno das áreas nucleares de correio e de logística a par do crescimento do negócio de expresso e encomendas e do Banco CTT, as duas principais alavancas de crescimento da empresa”.
Por outro lado, referiu, “aspiramos a que o crescimento do comércio eletrónico, para o qual os CTT tanto têm contribuído – nomeadamente através do lançamento do arketplace de e-commerce dott.pt, mas também com o lançamento de produtos e serviços desenvolvidos internamente ou em parceria com startups – possa permitir assinalar um crescimento muito significativo do negócio realizado através dos nossos canais digitais”.

CTT preparam comemorações dos 500 anos de Correio
Os CTT - Correios de Portugal vão implementar ao longo deste ano uma série de iniciativas para comemorar os 500 anos de correio, que se celebram em 2020.
As iniciativas, que marcam a nomeação do primeiro Correio-Mor, terão lugar ao longo do ano mas com especial incidência em redor do Dia Mundial dos Correios, que se celebra a 9 de outubro.
Os CTT vão oferecer a todos os portugueses que se deslocarem a uma Loja CTT num determinado período, ainda a definir, um selo postal que poderão guardar como recordação dos 500 anos ou utilizar em qualquer mensagem que entendam expedir. Será emitida pela Imprensa Nacional Casa da Moeda uma moeda oficial da República evocadora dos 500 anos de correio em Portugal e será lançada uma Lotaria Nacional sobre o mesmo tema, editada pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.
Em 2020 e 2021 serão publicados diversos livros sobre a matéria: um sobre os 500 anos de Correio, outro sobre a vida de D. Manuel e outro sobre as memórias dos trabalhadores dos CTT, que consistirá numa recolha dos testemunhos mais interessantes do dia-a-dia dos funcionários dos CTT.
Está prevista também a realização, em Portugal, de uma das mais importantes Exposições Filatélicas da Europa, a LUBRAPEX, em Évora.
Os CTT vão também proceder a ativações no Museu dos Coches, com um espaço «500 anos de Correio», perto da carruagem de Mala-Posta que está em exposição permanente no Museu.
Na Fundação Portuguesa das Comunicações serão realizadas exposições sobre os selos de Portugal com grandes prémios internacionais, onde estarão expostos 64 prémios de design e impressão, mostrando como a Filatelia portuguesa é uma das mais premiadas do Mundo.
A 6 de novembro de 2020 será inaugurada, na Torre do Tombo, uma exposição documental e iconográfica com os documentos originais que criaram e suportaram o correio em Portugal.
Com estas iniciativas os CTT esperam contribuir para as comemorações dos 500 anos de correio em Portugal, reforçando a relação de proximidade dos CTT, uma marca centenária, com todos os portugueses.

Janeiro 2020

Bookmark and Share