Movicel e Vodafone firmam parceria

2019-04-07
Fonte: Platina line
Foto por: Platina line

A Movicel começou a beneficiar, desde o passado dia 30 de Março, de toda experiência e valência que a Vodafone acumulou ao longo dos anos, no domínio das telecomunicações, para melhorar a prestação dos seus serviços, com base num acordo de parceria assinado nesta sexta-feira, em Luanda.

O acordo de parceria, com vigência de dois anos, foi assinado por Aristides Safeca, Presidente da Movicel, e Vik Patel, Director Regional executivo para África da Vodafone.
Com este acordo, a Movicel vai melhorar o acesso a tarifas mais baixas para ligações internacionais (roaming), estabilização da rede, a cobertura nacional e melhoria dos seus serviços de voz e dados.
A operadora angolana, segundo Aristides Safeca, prestará serviços com elevada qualidade, com inovação, sem as dificuldades de hoje, assim como operará mudanças substanciais na sua atuação no mercado.
Em contrapartida, a Vodafone vai ter a possibilidade de expandir os seus produtos e serviços em Angola, via da Movicel. Além disso, o acordo reserva uma extensão para formação de recursos humanos e outros domínios em que as empresas esperam trabalhar.
Neste acordo, explicou o PCA da Movicel, as partes não envolveram dinheiro. “Haverá uma consultoria estratégica e de condomínio de parceria. Isto significa que a Vodafone não adquiriu qualquer ação, mas que se abriu à experiência para nós e em contrapartida a Movicel abre o seu mercado aos produtos e serviços da parceira.”
Esclareceu que “existem projetos, entre as partes, que têm custos específicos, como recursos humanos e tecnologias, inseridos no âmbito comercial. Porém, disse, não pode adiantar preços agora, porque dependem de um diagnóstico, em curso, para determinar projetos específicos”.
O gestor da Movicel reconheceu o período de dificuldades que a companhia está a passar neste momento, mas ainda assim prometeu que oferecerão serviços justos e compatíveis ou acessíveis aos seus clientes.
Em relação ao contrato, Vik Patel, da Vodafone, disse que a sua companhia não tem, nesta altura, interesse em entrar no mercado de telefonia nacional de forma direta, preferindo estar ainda nesta parceria com a Movicel, já que está a passar por um processo de transformação.
Achámos que era necessário começar com alguém que está a passar por um processo de transformação, tendo em conta que Angola tem uma população bastante jovem e precisa de um outro melhoramento na área da telefonia digital. É aí onde pretendemos colocar o nosso foco”, sublinhou o gestor da Vodafone para África.
Informou também que nos últimos quatro anos têm estado a deslocar-se para Angola com o propósito de interagir com as companhias do ramo e diversos operadores, como bancos.
A Movicel opera no mercado nacional desde 2003 e é segunda operadora de telefonia móvel do país. Já a Vodafone é a segunda maior operadora de telecomunicações do mundo.

Março 2019

 

Bookmark and Share