Assembleia-Geral Anual 2018 e XXVI Fórum AICEP das Comunicações Lusófonas 2018, Macau (RAEM)

De 2018-04-23 a 2018-04-24
Localização: Macau (RAEM)

A Assembleia-Geral Anual 2018 da AICEP realizar-se-á no próximo dia 23 de abril, pelas 09:30 horas, no Sheraton Grand Macao Hotel, em Macau (RAEM).

Igualmente, nos próximos dias 23 e 24 de abril, conforme respetivo programa a divulgar oportunamente, realizar-se-á também, no Grand Lapa Hotel, em Macau (RAEM), o XXVI Fórum AICEP das Comunicações Lusófonas 2018, este ano sob o tema "Big Data e Monetização de Dados: a Nova Oportunidade de Negócio resultante da Transformação Digital”.
Estes eventos vão reunir Presidentes, CEO’s, Administradores, Altos Diretores e outros Dirigentes das empresas operadoras de Comunicações (Correios e Encomendas, Telecomunicações e Conteúdos de Televisão) e dos Órgãos Reguladores do Sector Membros da AICEP, dos 9 Países e Territórios de Língua Oficial Portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste) que constituem o universo desta importante Associação Internacional.
A Digitalização da sociedade está hoje presente no dia-a-dia das pessoas em grande parte das suas atividades. A procura da melhor experiência de utilização (“User Experience”) de serviços, alavancada pela tecnologia, leva ao surgimento de interações fáceis, simples, não-invasivas e ubíquas suportadas no digital. Aquilo que consumíamos como produtos está a transformar-se em serviços de modo a alcançar o fim da melhor experiência de utilização. Veja-se por exemplo o caso da música em que deixamos de comprar discos e CD’s e passamos a subscrever o serviço de música. A partir do momento em que conhecemos as preferências de consumo de um determinado serviço, através da pegada digital que deixamos, surgem oportunidades de criar valor ao consumidor recomendando-lhe serviços ou produtos complementares, antecipando necessidades, facilitando o dia-a-dia, e poupando-lhe tempo.
Por outro lado, a Internet das Coisas para além da automatização na agricultura, indústria e fábricas do futuro, vem potenciar uma nova panóplia de serviços, visando criar edifícios e cidades mais inteligentes, sustentáveis e atrativas para as pessoas e os negócios, tirando partido da sensorização e monitorização e gerando enormes e nunca antes vistas quantidades de dados.
Este enorme manancial de dados, conhecido como Big Data, resultante da pegada digital das pessoas e das coisas é muitas vezes chamado de novo petróleo já que à semelhança do outro, não serve de nada em bruto, mas dá energia ao mundo depois de refinado. Também os dados apresentam um potencial de criação de valor cujo impacto final está longe de ser conhecido e antecipado. A única certeza é que levará a uma profunda transformação da sociedade tal como hoje a conhecemos.
Os setores dos correios e encomendas, das telecomunicações e comunicações eletrónicas e dos conteúdos e media são, em si, grandes produtores de dados e potenciais consumidores, transformando esse recurso em valor para os seus clientes, criando diferenciação e vantagens competitivas.
O sucesso da monetização deste ativo extremamente valioso no contexto da Transformação Digital será cada vez mais determinante para a sobrevivência dos negócios futuros.
Com este contexto em mente, e com a certeza de que é transversal e impactante também nas atividades dos operadores de correios e encomendas, de telecomunicações e comunicações eletrónicas e de conteúdos e media, e das respetivas Autoridades Reguladoras sectoriais em todo o mundo e, portanto, também no mundo lusófono, o XXVI Fórum AICEP das Comunicações Lusófonas 2018 contará, para além de um painel inicial e enquadrador do respetivo tema, com três painéis de debate: “A Cadeia de Valor dos Dados: Geração, Recolha, Processamento, Disponibilização, Atuação e Monetização”; “Os Dados como um Novo Fator de Competitividade nas Comunicações e Media” e “Dados de Comunicações e Media na Criação de Valor nas Cidades Inteligentes”. E terminará com um painel de debate sobre o “Estado e Tendências das Comunicações Lusófonas”, no qual se partilhará o trabalho que várias das organizações associadas da AICEP está a fazer no contexto do digital, quais as suas preocupações, bem como os desafios, oportunidades e riscos que no seu entender o digital está a trazer, no contexto, designadamente socioeconómico, dos respetivos países e das necessidades específicas dos mercados em que operam e trabalham.
Constituídos por vários especialistas que favorecerão um intenso trabalho de reflexão e discussão sobre o mencionado tema que não poderia ser mais oportuno para o setor das comunicações, o debate que se irá fazer no âmbito dos vários painéis de trabalho será um contributo essencial para analisar o rumo que deve ser seguido para acompanhar a revolução digital que estamos a assistir e a viver.
Com a presença dos líderes dos Operadores e Reguladores membros da Associação Internacional das Comunicações de Expressão Portuguesa (AICEP), de inúmeros outros participantes e convidados, e de entre estes, de membros do Governo da RAEM e de representantes diplomáticos dos diversos Países de Expressão Portuguesa representados nesta Associação, este encontro representa um contributo para a Sociedade das Comunicações e do Digital, missão em que a Associação Internacional das Comunicações de Expressão Portuguesa se revê e em que se empenha permanentemente, fazendo da mesma, cada vez mais, agora e no futuro, a parceira natural das Comunicações do Mundo da Lusofonia.